[AÇÂO] Polícia Rodoviária Federal apoia-se em inteligência analítica para garantir efetividade de ações


Fonte: SEGS

detetive-particular-investigacao-lupa-20121130-12-original

BI da MicroStrategy permite gerar informações estratégicas para a tomada de decisão, assim como para a formulação, execução, acompanhamento e avaliação de politicas, programas e ações em todo o território nacional

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) é uma instituição de âmbito federal subordinada ao Ministério da Justiça e que tem como principal atribuição garantir a segurança nas rodovias federais e em áreas de interesse da União. Mais recentemente, a PRF realizou investimentos em tecnologia e inteligência analítica com o objetivo de dispor de modernos recursos para a geração de informações qualificadas que apoiem o processo de decisão. Com este intuito, foi desenvolvida uma nova aplicação com base na plataforma de business intelligence (BI) da MicroStrategy, que permitiu otimizar o cumprimento das competências previstas por lei na constituição, promover ações mais assertivas e viabilizar melhorias continuadas do efetivo policial da instituição.

De acordo com Sergio Saulo Rocha Teixeira, agente administrativo da PRF, os processos atuais de gestão demandam a construção de bases de dados analíticas compostas por indicadores, estatísticas e informações relevantes para a formulação, execução, acompanhamento e avaliação de politicas, programas e ações realizadas pela PRF.

Com a solução analítica, por exemplo, agora é possível identificar nas rodovias federais os trechos de maior ocorrência de acidentes. Também, foram desenvolvidos painéis que contemplam os principais indicadores de desempenho estratégico, capazes de aferir os resultados alcançados e ainda servir de base para alimentar novas ações, em conformidade com os objetivos do mapa estratégico da PRF. 

Outro benefício da plataforma é a possibilidade de traduzir as metas estratégicas, levando-as em consideração para o desenvolvimento de ações táticas e operacionais a serem realizadas em prol do combate ao crime. Além disso, com o projeto já implementado, a instituição alcançou a capilaridade desejada na entrega de informações críticas para todos os policiais rodoviários federais que atuam em território nacional.

“A ferramenta MicroStrategy foi escolhida por atender os requisitos mínimos na iniciação do processo licitatório, apresentar o menor custo e ainda ofertar a melhor tecnologia para a atendimento às necessidades da PRF”, ressalta Teixeira.

Novos projetos já estão em andamento empregando a tecnologia analítica. Entre eles destaca-se o denominado IDE, que apresentará os principais indicadores de desempenho da instituição policial rodoviária através de painéis que poderão ser acessados em computadores e dispositivos móveis.
Compatilhe no Google Plus

Sobre Grimaldo Oliveira

Mestre pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) no Curso de Mestrado Profissional Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (GESTEC) com o projeto “GESMOODLE – Ferramenta de acompanhamento do aluno de graduação, no ambiente virtual de aprendizagem(MOODLE), no contexto da UNEB“. Possui também Especialização em Análise de Sistemas pela Faculdade Visconde de Cairu e Bacharelado em Estatística pela Universidade Federal da Bahia. Atua profissionalmente como consultor há mais de 15 anos nas áreas de Data Warehouse, Mineração de Dados, Ferramentas de Tomada de Decisão e Estatística. Atualmente é editor do blog BI com Vatapá. Livro: BI COMO DEVE SER - www.bicomodeveser.com.br

1 comentários:

Sagar R disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.